Posts de setembro de 2013

Troquei as amígdalas por férias

Em 11.09.2013   Arquivado em Ensimesmada

Quarta-feira passada fiz uma amigdalectomia (um nome muito mais legal do que a expressão “remoção de amígdalas”) e alguns outros procedimentos de nomes complicados e, por conta disso, fiquei uma semana de molho em casa.

Não que a cirurgia seja delicada ou necessite muitos cuidados, pelo contrário. Para falar a verdade, esse repouso de sete dias é muito mais para que não pegue uma gripe ou coisa do tipo com a garganta ainda não cicatrizada. Isso sim causaria estragos de verdade. Salvo alguns incômodos, não é nada muito pior do que qualquer outra amigdalite que já tive na vida. E deus, como eu já tive amigdalites nessa vida.

Só que essas mini-férias também não foram lá um mar de rosas. Todo mundo falou coisas como “ai que incrível você vai tomar sorvete por uma semana!!!”, mas estou aqui para quebrar suas ilusões: isso não é tão incrível. Não é nada incrível quando sorvete é a única coisa que você pode comer (além de coisas como gelatina, pudim e sopa. Sopa fria e sem sal). Chega uma hora que você sente falta de coisas salgadas e do tão banal ato de mastigar. No auge da minha abstinência, tentei colocar um pedaço de Doritos na boca (meu namorado, muito solidário, trouxe um pacote enorme para comer enquanto assistíamos filme). Ardeu que nem o fogo do mármore do inferno.

Depois, temos o ato de dormir, tão (ou mais) importante que mastigar. Outra ilusão. Pensei que ia dormir até tarde e aproveitar meus dias na cama sem fazer nada, sem me importar com faculdade e estágio. Mas a verdade é que dormir demais dá dor nas costas. E você acha que dá pra realmente dormir bem com curativos e tampões no nariz? Tem que respirar pela boca e isso, depois de algum tempo, se torna um tanto quando desagradável.

Ainda bem que a parte boa da cirurgia restaurou o equilíbrio da força. Durante esses dias, fui altamente mimada pelos meus pais, namorado e gatas, que não saiam de perto de jeito algum e estavam sempre ali, ronronando e esquentando meu colo. Experimentei todos os sabores de gelatina, e fiquei emocionada quando consegui engolir o sorvete de Cookies sem sentir uma dor absurda por conta dos pedaços de biscoito. Eu adoro sorvete de Cookies.

Pude jogar Pokémon White 2 sem me importar com o resto das obrigações. Quando a internet colaborava (meu roteador resolveu tirar férias também), fiz compras imaginárias na Antix e na Farm. Nunca fui uma pessoa do calor, mas talvez esses dias trancada dentro de casa tenham me dado vontade de andar por aí de vestidinho e cabelo solto, debaixo do sol. Além de, vejam só!, atualizei o blog.

Claro, sair de casa faz falta, mas quem não gosta de passar os dias de pijama? Sem contar que, passada uma semana, hoje volto no médico para tirar esses tampões do nariz e tenho esperanças de, pela primeira vez na vida, respirar decentemente.